Jun 17, 2021

Delegado desabafa sobre cobrança de investigações e solta o verbo pra cima de promotor e juiz

1
0
0
s2smodern

O delegado de Polícia Civil de Caucáia (CE), Huggo Leonardo de Lima Anastácio apresentou uma resposta original sobre cobrança de serviços acerca de investigações.


Hugo elaborou um ofício para o Ministério Público e para o Judiciário informando sobre a demanda de ocorrências frente à precária estrutura das polícias civis dos estados. 


Na resposta, o delegado desabafou de maneira sincera e clara manifestando seu entendimento acerca das questões da desídia e omissões atribuídas à sua gestão.


Veja um trecho da resposta:

 

"...esteve a frente desta Metropolitana sem Delegado de Polícia Adjunto, além de que, nunca teve assessor, estagiário, técnico e/ou analista judiciário, para confeccionar minutas, assim como têm Vossas Excelências, ocorreram diversos avanços, visíveis, nos trabalhos investigativos desta Delegacia e que, se Vossas Excelências saíssem um pouco dos seus respectivos “home office” e viessem pessoalmente, in loco, verificar a realidade desta Delegacia de Polícia, com certeza veriam tal situação.


Ao mesmo tempo dos avanços acima comentados, esta autoridade policial tomou conhecimento, através dos diversos pareceres e despachos desaforados desta nobre Vara e desta douta Promotoria, em face dos Delegados de Polícia que por aqui passaram (fato que, caso queiram, podemos aprofundar a discussão, com a juntada de todas as peças que esta autoridade policial já tem em mãos), onde palavras como “omisso”, “desidioso”, dentre outros são costumeiramente e sem economia atribuído ao Delegado de Polícia..."

 

Clique AQUI e veja o ofício na íntegra!

 

DELEGADOS.com.br
Portal Nacional dos Delegados & Revista da Defesa Social

 

1
0
0
s2smodern

Destaques