Mar 07, 2021

Diretoria da Adpesp toma posse para o triênio 2021 a 2023

1
0
0
s2smodern

 

Lorena


A ADPESP realizou, na noite desta segunda-feira, 11, a solenidade de posse da diretoria executiva e dos conselhos fiscal e de ética para o triênio 2021/2023. Em decorrência das restrições impostas pelo Covid-19, apenas os membros da chapa eleita e da comissão eleitoral puderam participar presencialmente, os demais associados acompanharam a cerimônia por transmissão ao vivo no canal da ADPESP no YouTube.

“Ao observarmos esse auditório vazio, somos instantaneamente lembrados de que vivemos um período definitivamente singular na história da humanidade. A pandemia nos trouxe tempos que nos fizeram rever nossas prioridades e nossos valores. E foi diante de tal contexto, no qual a confiança se consolida como um valor ainda mais relevante e indeclinável, que a classe nos confiou a missão de gerir a entidade por mais três anos, depositando em nós, também, a esperança de um futuro mais alvissareiro para nossa carreira e instituição”, declarou o presidente Gustavo Mesquita Galvão Bueno, reeleito para o cargo.

Ao longo de seu discurso, Mesquita falou sobre a carreira de Delegado de Polícia, as adversidades enfrentadas, e a urgente necessidade de lutar em busca da justa valorização salarial: “Tenho a mais absoluta convicção do enorme prestígio e credibilidade de nossa carreira perante a sociedade e a população em geral. Ser Delegado de Polícia, para aqueles verdadeiramente vocacionados, é e será sempre motivo de insubstituível gratificação, pessoal e profissional”.

“Seguiremos esclarecendo a população em geral acerca da relevância do trabalho de polícia judiciária, e como as falhas de política pública governamental em relação à polícia civil afetam negativamente a segurança do cidadão. Naturalmente, a luta por nossa justiça salarial – permanecerá uma de nossas prioridades absolutas, já que se relaciona não somente com nossa dignidade e bem-estar, mas com o prestígio e o respeito que o estado empresta a determinada carreira”, destacou o presidente da ADPESP.

União da classe

Mesquita (imagem) também agradeceu os mais de mil votos recebidos e conclamou a todos os associados, indistintamente, a participar da gestão e dos rumos da entidade. “Somos e seremos sempre uma gestão democrática, acessível e aberta ao diálogo com cada associado”, disse. “Entretanto, é imperioso, especialmente nesses tempos, que façamos um processo de detida análise e sincera reflexão em relação a nosso futuro, nossa identidade, pontos fortes a serem realçados, e falhas a serem corrigidas”, ponderou.

Eleito vice-presidente, Márcio Marques Ramalho destacou a importância de estar presente no dia-a-dia da Associação. “Independentemente da gestão, sempre frequentei esta casa, ofertando ideias, sugestões e propostas. E acredito que este seja um dever de todos nós delegados associados”, disse. Ramalho falou ainda sobre o trabalho de excelência desenvolvido na primeira gestão e do muito que ainda será feito nos próximos três anos: “Agora é o momento de união, a classe precisa estar junto. Hoje iniciamos um trabalho de coragem para mantermos a Associação no rumo certo”.

O ‘eterno delegado geral’, Abrahão José Kfouri Filho, vice-presidente na primeira gestão e membro do conselho de ética a partir de agora, destacou a histórica luta salarial dos Delegados de Polícia. “Desde que André Franco Montoro deixou o governo temos perseguido a valorização salarial. Nos próximos três anos, conseguiremos o que buscamos há 35 anos? Precisamos tentar, precisamos ter estratégias, não podemos nos acomodar!”, conclamou.

Leia a íntegra do discurso do presidente Gustavo Mesquita Galvão Bueno

 

Assista a solenidade de posse da diretoria da ADPESP para o triênio 2021/2023


 

Lorena Storani
Coordenadora de Comunicação e Imprensa da ADPESP


DELEGADOS.com.br
Portal Nacional dos Delegados & Revista da Defesa Social

 

1
0
0
s2smodern

Destaques