Mar 02, 2021

Juiz suspende remoção de delegado para interior do Amazonas

1
0
0
s2smodern

Decisão monocrática e provisória do juiz Ronnie Frank Stone, da Fazenda Pública Estadual, sustou a transferência do delegado João Tayah para o interior do Amazonas.

Dessa maneira, é suspenso ato da Delegacia-Geral da Polícia Civil, que queria remover o servidor da capital para São Paulo de Olivença. O município fica a cerca de mil quilômetros de Manaus.

Conforme o partido de Tayah, o ato da direção da polícia tinha ares de perseguição política.

Ele foi candidato a vereador em Manaus neste ano, mas não se elegeu.

Por causa da repercussão que o ato tomou, o assunto foi parar na Câmara dos Deputados.

Lá, o PT divulgou nota de repúdio à delegada-geral por perseguição ao membro do partido.

Para os petistas, a transferência era uma retaliação político-ideológica porque outros cinco delegados que disputaram a eleição nada sofreram.

De acordo com a decisão do juiz, a direção da Polícia Civil usou argumentos vagos e genéricos para tomar tal medida.

Em seu perfil no Facebook, Tayah comemorou a suspensão da transferência.


BNC Amazonas


DELEGADOS.com.br
Portal Nacional dos Delegados & Revista da Defesa Social

 

 

 

1
0
0
s2smodern

Destaques