Set 20, 2020

Polícia Civil de SP lança RG digital grátis para ser baixado por aplicativo de celular

1
0
0
s2smodern

A Polícia Civil de São Paulo lançou na quarta-feira (11) a versão digital e gratuita da nova cédula de identidade, chamada de RG digital.

Nesta quarta-feira (12), centenas de pessoas fizeram fila no Centro de SP para tirar segunda via do documento porque circulou informação falsa que Detran só emitiria CNH para quem tivesse RG emitido nos últimos dois anos. Moradores de rua dormiram na fila e venderam o lugar de manhã por R$ 20 (leia mais abaixo).

O RG digital pode ser baixado gratuitamente por meio de um aplicativo e armazenado no aparelho celular, de forma gratuita. Válido em todo o território nacional, o documento eletrônico não substituirá a necessidade de emissão do RG físico, mas agilizará processos. Veja abaixo o passo a passo para baixar.

Em uma abordagem policial, por exemplo, a apresentação do RG digital deve ser aceita como o documento físico. O policial poderá, inclusive, verificar sua autenticidade via celular.

Também é possível carregar a identidade digital no celular e solicitar a 2ª via do documento físico sem sair de casa.

No caso de roubo ou furto, apesar da existência de sistema de segurança baseado em biometria, senhas e criptografia, que impede acesso a estranhos, o cidadão deve registrar o fato na Delegacia Eletrônica ou pessoalmente nas delegacias de polícia. Se for extraviado ou quebrado, basta reinstalar o aplicativo e emitir novamente o RG digital.

Poderão ter acesso ao documento eletrônico as pessoas com RG emitido a partir de 4 de fevereiro de 2014, que possuam numeração vermelha, QR Code impresso no verso e estejam cadastrados no Sistema Automatizado de Identificação Biométrica (Abis) da PC.

A base de dados paulista possui cerca de 35 milhões de prontuários biométricos. Em caso contrário, o interessado deve emitir um no RG para usar a ferramenta. Saiba mais informações.

Nesta quarta-feira (12), centenas de pessoas fizeram fila para tirar segunda via do RG em frente ao Instituto de Identificação “Ricardo Gumbleton Daunt” (IIRGD) porque circulou uma notícia falsa de que só poderia tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) quem tiver RG emitido nos últimos dois anos. Isso não é verdade.

A informação completa, segundo o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) é a de que todos que quiserem, poderão tirar a primeira habilitação.

Só que, neste momento, serão priorizados os que tiverem RG emitido nos últimos dois anos. Isso porque os documentos mais novos trazem recursos de segurança que os mais antigos não têm.

Quem tem a identidade com até seis anos de emissão, também vai conseguir tirar a CNH Para esses casos, o processo vai começar na segunda quinzena de agosto.

Por último, vão ficar as pessoas que tiverem RGs com mais de seis anos de emissão. Porém, o Detran ainda não deu uma data exata para isso acontecer.

De acordo com o diretor do Detran, Raul Vicentini, não existiu nenhuma orientação do Detran do cidadão ir até o IIRGD para tirar uma nova via de RG atualizada.

“O que que ocorre é que como existe uma portaria do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) que limita o tempo de reúso da biometria de 2 anos, então eles, por analogia, acabaram orientando o cidadão que é candidato à primeira habilitação que nesse primeiro momento, no retorno do processo, para os alunos que iriam iniciar a primeira habilitação que obrigatoriamente deveriam ter um RG novo. Quando na verdade isso não existe. Nós temos, sim, uma margem de segurança, que são os 2 anos, com relação ao reúso da imagem, mas mesmo os processos que iniciaram agora, na sexta-feira, e foi pro portal, nós já temos já a validação de cadastro de 2012, 2013, 2014, que já se estenderam por um período maior de 2 anos. Então não há necessidade das pessoas correrem até os postos da Polícia Civil pra poder revalidar ou enfim, acabar tirando o novo RG", afirmou.

O mutirão do IIRGD para emissão de RGs já entregou 77.696 documentos, desde 6 de maio, no estado.

O aplicativo para baixar o RG digital não estava funcionando na manhã desta quarta-feira (12), por causa de uma instabilidade no sistema.

O Departamento de Inteligência da Policia Civil informou na manhã desta quarta-feira (12) que sua área técnica está trabalhando para solucionar uma instabilidade pontual no sistema em razão de uma atualização realizada na noite desta terça-feira (11). A informação disponível nas lojas de aplicativo também será atualizada.

Para baixar seu RG digital, siga as instruções passo a passo:

  • Entre na loja de aplicativos do seu smartphone e procura por "RG Digital SP”
  • Faça o download;
  • Abra o aplicativo e clique em adicionar RG


Com o aplicativo no seu celular, siga outras três etapas:

  • Faça a leitura do código QR, que fica na parte interna do documento, utilizando a câmera do seu celular;
  • Leia e aceite os "termos de uso e políticas de privacidade".
  • Faça o reconhecimento facial através da câmera frontal do celular, a famosa "selfie", segurando a câmera na altura dos olhos, como o próprio app indica, e posicione o rosto no círculo menor e, depois, no maior;
  • O terceiro e último passo é criar uma senha de quatro dígitos.


O aplicativo RG DIGITAL SP também permite a solicitação de segunda via do RG físico, de papel, para maiores de 16 anos, com identidade emitida a partir de fevereiro de 2014, com o QR CODE impresso no verso. Basta abrir o aplicativo e selecionar o botão 2ª VIA DO RG, obedecendo à seguinte rotina:

  • Insira o número do RG e e-mail válido para contato;
  • Selecione o local para retirar a 2ª via do RG Físico;
  • Comprove sua identidade e prova de vida através do reconhecimento facial no próprio aplicativo;
  • Siga as orientações de pagamento que serão enviadas no e-mail indicado;
  • Retire seu documento físico presencialmente no ponto escolhido após 10 dias úteis, apresentando a GARE devidamente paga.


Para pagar a taxa de segunda via do RG, o solicitante deve seguir as instruções para geração da DARE de pagamento, enviadas para um e-mail, após a solicitação do documento pelo aplicativo. Depois disso, deve acessar o link e seguir com as instruções.

G1

DELEGADOS.com.br
Portal Nacional dos Delegados & Revista da Defesa Social

 

 

 

1
0
0
s2smodern

Destaques